Associação Pomba da PazInstituição Particular de Solidarieadade Social
Livro de reclamações
Notícias > Iniciativas

Heróis da Fruta 13/14
Catujal
HERÓIS DA FRUTA
Sede e Extensão-Norte
28-10-2013
"(...)Depois do sucesso das edições anteriores que envolveram no total 63.348 alunos de 3.435 turmas de 1.332 jardins-de-infância e escolas básicas do 1º ciclo, o projecto «Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável» regressa às escolas no novo ano lectivo para combater a obesidade infantil e restantes doenças associadas." (Ler +)
"Fruta para todos: heróis que defendem a sua saúde, da comunidade e do planeta.

Esta é uma iniciativa de educação para a saúde que inclui um programa motivacional de âmbito nacional promovido pela APCOI – Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil (ONG sem fins lucrativos) que visa motivar as crianças portuguesas até aos 10 anos para a ingestão diária de fruta no lanche escolar, uma vez que o actual consumo se situa muito abaixo do recomendado.

Quem pode participar neste projecto?

A participação é aberta a todas as turmas de 1º ciclo do ensino básico e jardins-de-infância, públicos ou privados, de todo o país, incluindo as regiões autónomas da Madeira e dos Açores, sendo apenas necessária uma inscrição gratuita através do endereço www.heroisdafruta.com/p/coordenador.html

Missão: prevenir a obesidade infantil e as restantes doenças associadas

Acreditamos que a prevenção é sempre o melhor remédio e que educar é prevenir. E, por isso mesmo, ensinar às crianças importantes lições sobre alimentação saudável é essencial para combater a obesidade infantil e as restantes doenças associadas.

A obesidade infantil é um problema em Portugal?

Em Portugal, uma em cada três crianças tem excesso de peso ou obesidade infantil, segundo os estudos mais recentes da Organização Mundial de Saúde, coordenadores no nosso país pelo INSA (Instituto Nacional de Saúde). Mundialmente, segundo a British Medical Association, mais de 22 milhões de crianças com menos de 5 anos de idade tem excesso de peso, bem como 155 milhões de crianças em idade escolar.

A obesidade é considerada uma doença crónica que está associada ao desenvolvimento de outras patologias graves e irreversíveis tais como diabetes, hipertensão, doenças cardíacas e vários tipos de cancro. Saiba mais sobre obesidade infantil, aqui.

De que forma a fruta pode prevenir a obesidade infantil?

Um pouco por todo o mundo, as crianças estão cada vez mais relutantes em relação ao consumo diário de frutas e vegetais. Como estes alimentos têm nutrientes insubstituíveis, têm vindo a aumentar em muitos países os problemas de saúde relacionados com estes maus hábitos alimentares, nos quais se inclui a obesidade, logo desde a infância.

Diversos estudos indicam que Portugal ocupa um dos primeiros lugares da obesidade e excesso de peso infantil na Europa. De acordo com os resultados do estudo COSI (Sistema Europeu de Vigilância Nutricional Infantil) de 2008 realizado em Portugal pelo INSA (Instituto Nacional de Saúde), “apenas 2% das crianças portuguesas até aos 10 anos ingere fruta fresca diariamente e mais de 90% consome fast-food, snacks e bebidas açucaradas pelo menos 4 vezes por semana".

Este baixo consumo de fruta fresca tem efeitos negativos para a saúde das crianças: dificulta o bom funcionamento dos intestinos, diminui as defesas do organismo, tornando-as mais sujeitas às doenças, além de provocar alterações nos níveis de energia, de concentração e de aprendizagem. O consumo diário de fruta é um dos componentes mais importantes de uma alimentação saudável. É, por isso, que a Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda que se ingiram diariamente pelo menos três porções de fruta.

Mas, porquê a fruta no lanche escolar?

Sabe-se que na faixa etária até aos 10 anos, a fruta é habitualmente ingerida como uma opção de sobremesa, a seguir ao almoço ou ao jantar, tanto na escola, como em casa. Geralmente, não é a primeira opção das crianças se existir outra disponível como: gelatina, gelado ou outro doce.

Por outro lado, os lanches (da manhã ou da tarde) são refeições onde a preferência da criança tem maior influência na escolha dos alimentos que o compõem, tal como acontece no pequeno-almoço. Por isso, é menos comum a ingestão de fruta nestas refeições.

Um estudo do INE (Instituto Nacional de Estatística) indica que “a escola ocupa em média 6 horas no dia de cada criança portuguesa”, portanto é na escola que a criança almoça e toma pelo menos um dos lanches (manhã ou tarde).

O projecto «Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável» surge assim como forma de intervir neste contexto e incentivar a ingestão de fruta na refeição que mais depende da escolha ou preferência de cada criança, ou seja, o lanche da manhã e/ou da tarde que é em regra preparado em casa e levado para ser tomado na escola. Desta forma, a sensibilização chega também aos encarregados de educação e o consumo de fruta e legumes estende-se mais facilmente a outras refeições.

Como é que as crianças aderem aos objectivos do projecto?

A nossa receita de sucesso é a combinação de conteúdos pedagógicos que respondem às necessidades cruciais de desenvolvimento das crianças com uma linguagem sofisticada e desafios que mantenham as crianças motivadas e, claro, uma boa dose de diversão.

Um trabalho pioneiro desenvolvido por uma equipa multidisciplinar que faz chegar as mensagens certas às crianças, para obter o maior impacto possível. É pelo menos o que nos dizem os professores que já participaram nas edições anteriores, em resposta aos inquéritos realizados, clique aqui para conhecer alguns testemunhos.

Um modelo pedagógico com provas dadas de sucesso

O nosso trabalho promove uma aprendizagem real, com resultados mensuráveis, um facto comprovado quer pelo testemunho directo dos professores e educadores participantes, quer pelos resultados do nosso contínuo processo de investigação a partir dos dados recolhidos junto das crianças participantes.

Ensinar às crianças as bases para um futuro mais saudável

Para além do incentivo ao consumo da fruta, o nosso projecto leva às crianças lições importantes sobre saúde, ecologia, bem-estar emocional, respeito e compromisso que as ajudam a crescer saudáveis, activas e felizes em casa e na sua comunidade local.

Uma lição que se transmite muito para lá da escola

Desde o primeiro dia que os «Heróis da Fruta» levam as lições não só às crianças nas salas de aula, mas são transportadas na mochila até casa e chegam também aos adultos. Mas não ficam por aí, todos os anos, com a colaboração dos alunos, dos docentes e de alguns encarregados de educação, desenvolvem-se autênticas acções de mobilização de modo a sensibilizar a opinião pública para a necessidade de se adoptarem hábitos de vida mais saudáveis, por exemplo, através do desafio “Hino da Fruta” utilizamos a música como veículo universal de transmissão de mensagens.

Assim, centenas de reportagens e notícias são publicadas anualmente na imprensa escrita, na rádio, na televisão e na Internet, em todos os meios de comunicação, tanto a nível nacional, como regional. No total, contam-se já mais de 400 notícias publicadas. Além disso, já ultrapassámos os 370 mil resultados no google. Estes são apenas alguns dos números sobre o importante impacto que o projecto tem vindo a conseguir promover na vida destas crianças e das suas comunidades locais.

Sucesso que só é possível com um trabalho em colaboração

O generoso apoio de parceiros que pensam como nós – professores, educadores, coordenadores pedagógicos, dirigentes educativos, associações de pais, cooperativas de ensino, juntas de freguesia, câmaras municipais, agricultores e distribuidores da área alimentar e outras empresas e instituições, tem sido essencial para que a cada ano lectivo se possa dar continuidade a este ambicioso projecto.




(www.heroisdafruta.com)

Documentos