Associação Pomba da PazInstituição Particular de Solidarieadade Social
Notícias > Iniciativas

Carnaval Sala Rosa 2008
Sala Rosa
Carnaval 2008
Os Leões
06-03-2008
No Carnaval os meninos e as meninas da Sala Rosa mascararam-se de um animal escolhido por eles. As máscaras foram feitas pelos pais e na 2ª feira dia 4 de Fevereiro foram desfilar pelas ruas do Catujal.
(ler mais)

A Beatriz, o Emanuel, o Guilherme, a Joana e o Sisínio mascararam-se de Leões. Estavam todos diferentes e todos muito bonitos.

Depois do desfile quiseram aprender coisas sobre os animais e este grupo, mais a Juliana que se quis mascarar de Tigre que é um primo do Leão, foram à biblioteca da sede procurar livros que falassem de Leões. Mas não encontraram nada! Então a Educadora Vera emprestou-nos um livro e um dvd sobre Leões onde aprenderam muitas coisas para vos ensinarem.

“Tivemos a ver um filme com Leões e Chitas que são primas dos Leões.” Rodrigo Esperança

“As Chitas correm mais que os Leões.” Daniel

“Os Leões gostam de comer animais.” Joana

“Os Leões vão a correr atrás dos outros animais para comerem e ficarem crescidos.” Rodrigo Esperança

“Os Leões gostam de dormir.” Daniela

“Não caçavam Elefantes porque são muito grandes e fortes, caçavam Zebras.” Rodrigo Esperança

“A mãe ia à caça.” Alexandre

“Os Leões pequeninos não faziam nada.” Daniela

“Faziam sim! Mamavam na maminha da mãe e gostavam de brincar com o pai e com a mãe.” Rodrigo Esperança

“A mãe vai à caça.” Beatriz

“Os Leões têm quatro patas e o pai tem juba.” Emanuel

“Quando os Leões bebés querem nascer a Leoa vai para debaixo da árvore.” Joana




Aprenderam também uma canção sobre leões que vos vamos ensinar:

“ -Eu conheci um leão, leão, leão

mas não era um leão, não era não.

- O que era então?

- Não digo não, não digo não

- O que era então?

- Não digo não, não digo não.

Tinha cauda de leão, leão, leão

mas não era um leão, não era não.

- O que era então?

- Não digo não, não digo não.

- O que era então?

- Não digo não, não digo não.

- Tinha orelhas de leão, leão, leão

mas não era um leão, não era não.

- O que era então?

- Não digo não, não digo não.

- O que era então?

- Não digo não, não digo não.

- Tinha garras de leão, leão, leão

mas não era um leão, não era não.

- O que era então?

- Não digo não, não digo não.

- O que era então?

- Não digo não, não digo não.

- Ora diga, diga, diga, diga lá

Ora diga, diga, diga, diga lá!

- É a leoa a mulher do leão

É a leoa a mulher do leão.”


Meninas/os da Sala Rosa
Educadora Arminda Tomé

Ajudantes de acção educativa
Natália Moura e Cristina Correia